No último dia 19 de Abril fui assistir o show do cantor Fábio Jr que rolou aqui em Brasília, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Foi a primeira vez que saí de casa para ir a um show por aqui. Minha digníssima me acompanhou na empreitada.

Apesar do show em si ter sido legal – o cantor misturou seus sucessos antigos como “Felicidade” e a indefectível “Pai” com músicas de outros artistas do calibre de Tim Maia, Titãs e Frejat - confesso que fiquei puto da vida com a organização do espetáculo.

Foto Fábio Jr 
Clique na imagem para ampliar a foto do Fábio Jr

Um show de sacanagem da organização

Primeiro, pela hora e meia de atraso porque o garanhão do Fábio Jr resolveu distribuir autógrafos nos bastidores e ficou de sacanagem com a mulherada enlouquecida com os cabelos grisalhos do malandro.

Foto Fábio Jr
Clique na imagem para ampliar o abraço do Fábio Jr

Segundo, pela quantidade insuficiente de seguranças que não conseguiam sequer dar conta da mesma corja acima. Foi um tal de mocinhas e velhotas pulando no palco para agarrar o cara que em certo momento tive que subir na poltrona pra conseguir enxergar e tirar as fotos e vídeos que ilustram este post.

Foto Fábio Jr
A turma do Fábio Jr em ação 

Terceiro, pela merda de lugar escolhido para o show. O Centro de Conveções aqui de Brasília é o pior lugar que existe para uma apresentação deste porte: em formato de auditório, o espetáculo é assistido sentado como num teatro; apenas um ponto de venda de bebidas para centenas de pessoas; acústica sofrível; total desconforto.


Vídeo do Fábio Jr cantando, ao vivo, a indefectível música “PAI”


Me deu saudades do Canecão, lá no Rio, onde se assiste os espetáculos em mesas, com farto serviço de bar e restaurante mesmo durante a apresentação. Se aqui assim o fosse, o atraso no início do show do Fábio Jr não teria qualquer problema: cerjevas e petiscos me fariam curtir o lugar.

Saldo da noite: um show no máximo convincente, num lugar de merda, e 500 reais a menos no bolso. E de cara limpa.

 

Aproveite que está aqui e assine o feed dos posts. Obrigado!
Você pode deixar um comentário, ou enviar um trackback do seu site.