A inveja é uma merda

Por Raphael Roale em 17/05/2009

Eu tenhos muitos projetos, uns sozinho e outros bem acompanhado. O Carioca no Cerrado não é o único: falo sobre gestão no Minha Gestão, idiotices no Idiotices, textos católicos no Minha Prece; além de manter em funcionamento (e rendendo) o Diário do Professor do Declev, o REARJ da REARJ, o Fórum da REBEA, o Turista Profissional da Ana, e alguns outros. A lista é grande.

Mas esta última, a Ana, já falei sobre ela aqui. Ana Portugal. Botou na telha de escrever sobre suas mirabolantes viagens pelo mundo. Juro que tentei fazê-la desistir, mas que nada. Continuou. Virou blogueira. Agora a coitadinha foi agraciada com longos 3 dias num dos hotéis/spa/resort/termas mais extraordinários do Brasil: O Ouro Minas Grande Hotel e Termas de Araxá. Com tudo pago; grátis; 0800; na faixa; ou qualquer outro termos que caiba neste contexto.

O hotel? Veja por si:

Fachada do Ouro Minas Grande Hotel e Termas, em Araxá
Uma fachada simples, muito simples.

Imagem aérea do Ouro Minas Grande Hotel e Termas, em Araxá
Um complexo que poderia ser um pouqinho maior, não é?

Lago do Ouro Minas Grande Hotel e Termas, em Araxá
Um lago nada agradável. Tomara que esteja bem gelado!

Acomodações do Ouro Minas Grande Hotel e Termas, em Araxá
Quartinho básico, pouco luxo. Aquilo ali é uma champagne? Desnecessário.

Quer saber o que mais ela vai fazer? Banho de Mel e Massagem Relaxante, Banho de Vinho, Banho de Aveia e Terapia Corporal com Pedras Quentes, Banho de Pétalas e Massagem Express na Cadeira, Drenagem Linfática e outras tantas coisinhas básicas.

A bem aventurada ação é uma iniciativa da Com Você Comunicação, de Belo Horizonte. E vai reunir do dia 28 a 31 de maio um grupo de formadores de opinião para conhecer o hotel durante o Festival Internacional de Cultura e Gastronomia de Araxá.

Ana, aperte o cinto e boa viagem!


Banda Prosaico. Som de primeira linha.

Por Raphael Roale em 16/05/2009

Eu tenho um monte de artistas na família. São desenhistas, pintores, poetas, músicos… se bem que quando eu era moleque eu também fazia arte. Mas só daquela de quebrar copos, destruir portas e me arrebentar de bicicleta. Daí que quando vejo um destes caras se destacando fico com aquela pontinha de inveja boa que faz a gente sorrir pelo canto da boca sem perceber.

Vejam com atenção o vídeo da banda aí debaixo. Já, já eu conto o que é.

A banda se chama Prosaico, rock de primeira. O baterista sem camisa e com cara galã é Dauler, meu primo – um daqueles artistas que mencionei lá em cima. Os caras estão na luta há alguns anos, só com músicas próprias. Este ano ganharam um festival de Rock e tocaram no carnaval da Lapa, no Rio. Gravaram um vídeo e mandaram para o Programa Agenda, da Globonews. E não é que os caras apareceram edição de ontem, com toda a pompa e circustância a quem tem direito?

Já estou novamente com aquele sorrizinho no canto da boca.

Quer saber mais? Visite o Site da Banda Prosaico.


Vou com Jesus. Mas prefiro voltar sozinho.

Por Raphael Roale em 09/05/2009

Outro dia estava levando minha senhora ao aeroporto aqui de Brasília quando ouço uma gritaria infernal do meu lado. Era um ônibus escolar, repleto de crianças. Talvez indo para um excursão ou coisa que o valha.

O ônibus passou, olhei e não resisti. Tive que fotografar.

Ônibus escolar com mensagem do inferno

Não entendeu a pegadinha? Aí está:

Vou com Jesus se não voltar estarei com ele
“Vou com Jesus. Se não voltar, estarei com ele”.

Isso é sacanagem? Ou será o bonde do terror, das almas perdidas, um passeio sem volta ao juízo final? Talvez por isso eu mesmo tenha passado a levar minhas filhas à escola. Assim tenho a certeza de que voltam para casa.


buy ciprofloxacin