Papai Papudo morreu

Por Raphael Roale em 16/07/2010

Morreu hoje o Papai Papudo, cuja presença foi marcante durante grande parte da minha infância. Seu indefectível “Crianças, que horas são? Cinco e sessenta!” era incansavelmente repetido no Programa do Bozo, na década de 80, junto com a Vovó Mafalda e os bonecos Zecão, Lili e Macarrão.

Bozo e Papai Papudo
Programa do Bozo: Papai Papudo, Vovó Mafalda e sua turma.

Mas o engraçado mesmo é que só hoje fui descobrir que o Papai Papudo, na verdade, era o Gibe – protagonista de centenas de episódios do quadro “Câmera Escondida” do programa Sílvio Santos e seu trash “Topa Tudo por Dinheiro”.


Câmera Escondida: morto pega taxi!

O Gibe, cujo nome verdadeiro era Gilberto Fernandes, além de ator era também redator. Tinha 75 anos e estava internado no Instituto do Coração para tratar um estreitamento de válvula.

Fonte: Correio Braziliense


O tombo Prosaico: video cassetada

Por Raphael Roale em 08/07/2010

Todo mundo gosta de vídeos de tombo. Se for uma autêntica vídeo cassetada com alguém que você conhece a coisa fica mais divertida ainda.

Eu já falei sobre a Banda Prosaico por aqui. E banda independente tem dessas coisas: fazem os próprios clipes, gravam as próprias músicas, pedem ajuda à sogra, ao amigos… e caem!

Divirtam-se!


Vídeo de Eliza Samudio, do caso do goleiro Bruno do Flamengo

Por Raphael Roale em 08/07/2010

O goleiro Bruno do Flamengo está todo enrolado. Ele é suspeito do desaparecimento de sua ex-namorada Eliza Samudio (que usava o nome de Fernanda Faria nos filmes da Brasileirinhas), vista pela última vez no início de Junho. Um menor de 17 anos contou à polícia que ela já estaria morta, mas que ele não teria participado do crime.

O goleiro Bruno e seu amigo Macarrão foram presos e estão, por enquanto, no presídio Bangu 2.


Vídeo de Eliza Samudio, a Fernanda Faria da Brasileirinhas

Se você quiser saber se Eliza Samudio está morta e se o Caso Bruno foi resolvido, acesse aqui.


Briga de mulheres. Com vídeo.

Por Raphael Roale em 07/07/2010

Lá em Santiago, no Chile, brasileiros e chilenos assistiam juntos à partida da copa. No primeiro gol do Brasil, uma brasileira exagera um pouquinho na comemoração e leva porrada da chilena. E ninguém separa a briga de mulheres: os socos e tapas entre as mulheres continua até cansar. Veja só:

Três contra uma… e qual foi o placar de Brasil e Chile na copa mesmo?


buy ciprofloxacin