Você tem fome de quê?

Por Raphael Roale em 14/12/2008

Aqui no Carioca eu falo sem parar. Falo pras paredes, falo pro espelho e, principalmente, falo para vocês que têm a paciência de me escutar, de criticar. Mas sabe o que é engraçado? Eu nunca parei para perguntar. Nunca parei para ouvir o que que você querem escutar. Estranho, não é?

Então me desculpem pela arrogância e pela soberba. Pretendo corrigir isso a partir de hoje.

Bote a boca no trombone
E aí? Vai ficar quietinho ou botar a boca no trombone? – Foto por PeterEdin

Abri dois espaços aqui no Carioca para ouvir vocês, caros leitores. O primeiro fica aqui do lado direito: deixei aberta um enquete muito simples para que vocês me digam o que querem ver aqui no próximo ano. A pesquisa é rápida e anônima – listei os 3 maiores assuntos abordados por mim no último ano, e uma lacuna para preencher com sua imaginação.

O segundo espaço é este artigo, aberto para seus comentários. Fale o que quiser, diga o que quer ouvir, o que quer ver aqui no próximo ano. Eu atenderei a todos.

É a hora da sua vingança. Minha surdez acabou – pelo menos por enquanto.

 

DISCLAIMER: Este artigo foi escrito para cumprir a tarefa Dia 13 – Converse com seu leitor do Desafio 21 Dias – Edição 2008 do Blosque. Prometo que tentarei chegar ao final.


Vida sexual ativa com crianças não dá!

Por Raphael Roale em 10/12/2008

De vez em quando eu recebo uns comentários bem exóticos aqui no Carioca. A maioria eu apago, e sigo a vida. Outros eu guardo, seja pelo seu valor nostálgico ou para puro divertimento.

Ontem eu recebi o apelo da leitora Carla, a partir deste artigo. Fiquei sensibilizado com a história, e resolvi compartilhar com vocês:

eu queria ti pedi uma ajuda. eu tambem tenho problema com meus filho. sao pequenos e nao me deixam mais sozinha com meu marido. faz tempo que a gente nao transa. toda vez que a gente ta no quarto eles batem na porta e atrapalham tudo. uma vez o jonas (meu filho) que tem 4 anos se escondeu em baixo da cama e eu ja estava pelada com meu marido na cama ai ele saiu de baixo da cama e pegou a gente pelado ficou rindo e chamou o irmao pra ve. eu briguei com ele mais nao adianta nada. eu nao sei mais o que faze. meu marido chega tarde em casa e quer transa mas nao consigo fica sozinha. por favor me ajude. carla

Acho que o vídeo abaixo ilustra bem a família da nossa amiga Carla.

Agora me ajudem: o que a Carla deve fazer para voltar a ter uma vida sexual ativa em casa?


É errando que se erra. E quem aprende?

Por Raphael Roale em 08/12/2008

Já dizia a minha falecida avó que “Errando é que se aprende”. Mentira. Errando é que se erra, e só aprende aquele que não quer se ferrar de novo. Daí que agora faço um mea culpa, lembrando dos erros que cometi aqui no Carioca ao longo de 2008.

_minha_culpa
Assim eu choro… por Pull Down – Ninguém tem culpa.

Devagar é MUITO mais gostoso!

Não adianta ir com muita sede ao pote, e não há como relegar Deus a segundo plano, negligenciando sua existência. Manter a estrutura do Carioca custa dinheiro, e eu preciso do Google para continuar escrevendo, pagando links, servidores, meu tempo, minha paciência.

Numa destas noites com alto grau de insônia, resolvi fazer umas modificações e otimizei ao extremo temas, artigos, programas de afiliados e tudo o mais que via pela frente. Ficou lindo… por uma semana. Fui completamente desindexado pelo Google, meus rendimentos foram para o chão e levei 3 meses para me recuperar.

É como eu disse, o crescimento tem que ser com calma e sabedoria.

Hype! Hype! Hype!

Escrever sobre os Acidentes, Nardonis, Eloás e Nayaras da vida é legal. Sexo também. Garante milhares de visitas num curtíssimo espaço de tempo. Mas cadê a grana desse pessoal atrás de sexo e desgraça? Não há. As visitas são inócuas em termos de rendimento, e só servem para detonar o servidor, perder horas filtrando comentários e detonar as suas estatísticas.

Quem disse que palavras o vento leva? Que nada!

Eu andei escrevendo alguns artigos de opinião com um virulência muito grande. É que, geralmente, quando decido dar a minha opinião sobre um assunto, é que estou puto. Daí que os leitores puxam minha orelha por usar palavras e expressões muito fortes, mesmo num contexto em que a veemência faz parte do clima.

Quando resolver dar a minha opinião, vou continuar escrevendo. Mas vou deixar ali nos rascunhos por alguns dias, e só publico depois de revisar. Aí a “paixão” já vai ter acabado, e palavras mais fortes não terão mais sentido.

Pronto. Falei!

DISCLAIMER: Este artigo foi escrito para cumprir a tarefa Dia 11 – Jogo dos 7 erros do Desafio 21 Dias – Edição 2008 do Blosque. Prometo que tentarei chegar ao final.


O melhor de 2008

Por Raphael Roale em 07/12/2008

Ano passado escrevi sobre o melhor de 2007, contando um pouco do que encontrei de mais interessante aqui pela blogosfera. Este ano, compilei uma lista dos melhores artigos aqui do Carioca. São 12 artigos, um para cada mês de 2008, que representam minha cara-de-pau do ano que passou.

_gato_assustado
Esteja preparado para o inesperado. Foto por Formiga Atômica.

Janeiro – Método Coca-Cola para aumentar vendas e atingir metas

Um gerente idiota, numa fábrica da Coca-Cola aqui de Goiás, resolveu motivar seus funcionários com uma estratégia um tanto quanto insólita: quem não vendesse, teria uma das garrafas introduzidas no… naquele lugar onde, normalmente, é apenas mão única. Foi condenado pela justiça.

Fevereiro – 10 dicas para sua viagem de avião

Eu sempre viajei muito de avião. Então compilei algumas dicas de boas-maneiras para que você não perturbe o seu colega de poltrona.

Março – Sacanagem no funk, Furacão 2000 e um tapinha na hipocrisia

O Furacão 2000 foi multado em 500 mil reais por ter lança a música “Um tapinha não dói” por conta da banalização da violência contra a mulher. Pura hipocrisia.

Abril – O Carioca está de cara nova

Em Abril o Carioca repaginou todo o seu layout, com um mascote novo e novidades no seu conteúdo.

Maio – Fábio Jr: vídeos e fotos de show em Brasília, no Centro de Convenções

Paguei 500 reais para assistir o show do Fábio Júnior aqui em Brasília. Fotos, vídeos e comentários. Sacrifícios pelo aniversário de casamento. Quase duas horas de atraso.

Junho – Simpatias para Santo Antônio. Quer casar?

Em Junho se comemora o dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro. Compilei diversas simpatias para amarra o amor de sua vida. Acredita?

Julho – O Orgulho Mineiro e as longas estradas da vida

A tecnologia Wireless já existia em Minas Gerais antes mesmo da construção do primeiro computador. Humor facim, facim!

Agosto – Agosto é o mês do Cachorro Louco. Por que? Histórias e curiosidades pelo mundo.

Eu sempre soube que Agosto era o mês do cachorro louco, da raiva, do medo. Daí compilei uma série de fatos para explicar, em todo o mundo, porque este mês tem tanta superstição.

Setembro – Brasília terá bicicletas públicas para aluguel

Numa das muitas curiosidades aqui do Distrito Federal, o governo de Brasília vai construir bicicletários públicos e alugar bicicletas para todos. Será que funciona?

Outubro – Não se faz política no Brasil. Apenas eleição.

Perto das eleições, e às vésperas do aniversário da Constituição de 88, desabafei sobre a politicagem que é feita durante este período. Nada de importante se discute, e a democracia fica de lado.

Novembro – E o Crack avança na sapucaí… abram alas!

A disseminação do Crack na classe média do Rio de Janeiro – tema recorrente aqui do Carioca – preocupa pela violência dos efeitos. Droga barata, já toma o lugar da cocaína e da maconha.

Dezembro – Banco Real: multa por devolver cheques no DF

Os banco são prepotentes. E quando são punidos por ações idiotas, eu mostro. Desta vez o Banco Real foi multado em 10 mil reais por mentir para a justiça e devolver cheques do cliente.

 

DISCLAIMER: Este artigo foi escrito para cumprir a tarefa Dia 14 – Blog retrospectiva 2008 do Desafio 21 Dias – Edição 2008 do Blosque. Prometo que tentarei chegar ao final.


Banco Real: multa por devolver cheques no DF

Por Raphael Roale em 06/12/2008

Eu adoro quando os bancos se ferram, e são multados por erros idiotas. É como se a justiça agisse como um Robin Hood tupiniquim.

_banco_real

Um cliente do Banco Real aqui do Distrito Federal vai embolsar 10 mil reais por um erro cometido pela instituição. O cara teve todos os cheques devolvidos pela famosa “alínea 25”, aquela que significa o cancelamento do talonário pelo banco emitente. Por conta das devoluções, o cliente entrou em contato com o Real, e o gerente da conta informou que as devoluções ocorreram por falha do próprio banco, orientando o cara a ligar no Disque-Real para efetuar o desbloqueio do talão. Mas outros cheques foram devolvidos pelo mesmo motivo, o que lhe causou diversos constrangimentos. Ficar recebendo telefonemas de cheque devolvido é mesmo um saco.

A alegação do Banco Real para ter cancelado o talonário é que havia sido assaltado, então resolveu bloquear tudo para a “segurança do correntista”. Só que não foram apresentadas provas do ocorrido. Geralmente existem boletins de ocorrência para assaltos, não é mesmo?

Para quem não sabe, bancos e instituições financeiras devem seguir as mesmas regras do Código de Defesa do Consumidor – tal qual uma padaria ou supermercado. Neste caso, a prestação de serviço, prevista no art. 14 do CDC, estabelece o seguinte: o fornecedor de serviço responde objetivamente perante os consumidores pela reparação dos danos causados por serviços mal prestados. Ou seja, o Real não foi um bom prestador de serviços e tomou multa!

Via: Clica Brasília


Google Ad Manager: O que é? Para que serve? Como usar?

Por Raphael Roale em 03/12/2008

Há uns meses eu recebi informações sobre o Google Ad Manager. Confesso que dei uma olhada rápida e não entendi direito para que serve, nem como utilizar a ferramenta de gestão de anúncios do Google. Não vi como poderia me ajudar, e deixei de lado.

Google Ad Manager Tutorial

Também há uns meses que testo o Afilio como um dos programas de monetização aqui no Carioca e em outro site de minha autoria, o Minha Gestão. No Afilio, você pode escolher que campanhas participar, o tipo de remuneração (CPM, CPC ou Cadastro) e qual banner veicular. O problema é que todas as campanhas possuem prazo limite de veiculação. Ou seja, se você optar por divulgar o banner de uma campanha cujo prazo de veiculação vence no fim do mês, no início do mês subsequente o banner deixa de aparecer, sendo substituído por uma mensagem de erro.

E como gerir de forma simples esses casos sem ter que ficar configurando lembretes no Outlook para substituir o código nas páginas para cada campanha vencida? Com o Google Ad Manager, é claro!

Estudo de caso: Como criar espaços publicitários no seu site e utilizar com programas de afiliados

Para este tutorial vamos usar o seguinte estudo de caso: veiculação de espaço publicitário no Minha Gestão, com banners no formato 468×60 ao final de cada artigo. Para melhor entendimento, acesse o Minha Gestão, escolham um artigo e observem o banner que aparece ao final. Ali serão veiculadas duas campanhas com prazo definido, e utilização do AdSense quando vencerem.

Passos para configurar o Google Ad Manager em seu site

1) Criar um espaço de anúncio e gerar código para o site

Menu_Inventario_Espaco

O primeiro passo é criar um espaço de anúncio no site e definir um nome. No nosso estudo, chamei de “MinhaGestao_Interno_468x60” para facilitar a identificação. Posso criar quantos espaços quiser.

Tela_Definicao_Espaco

  • Defina o nome do seu espaço publicitário;
  • Escolha o tamanho do espaço – em nosso caso, 468×60;
  • Escolha como abrir a janela ao clicar no espaço;
  • Marque a caixa AdSense para integrar anúncios AdSense no espaço;
  • Defina uma descrição para o seu espaço publicitário;
  • Não precisa preencher informações de posicionamento;
  • Clique em “Salvar” e siga em frente.

A partir daí você pode editar as configurações do AdSense para o espaço que acabou de criar, clicando em “Editar configurações do AdSense“. Faça isso caso queira definir, por exemplo, uma paleta de cores personalizada para o seu espaço.

EditarAdSense

Agora é preciso inserir o código HTML no seu site para que o Google Ad Manager possa funcionar corretamente. Para isso, escolha a opção “Gerar Exemplo de HTLM” ainda na página de Espaços de Anúncios.

Gerar Exemplo HTML

Aqui é preciso escolher quais espaços publicitários serão inseridos. Note que tenho 3 espaços, um para cada site monitorado. Clique em “Adicionar” para escolher qual deles gerar o código. Se tiver mais de um espaço para o mesmo site, adicione quantos forem necessários. Depois clique em “Gerar exemplo de HTML“.

Tela_Exemplo_HTML

Neste ponto você será brindado com dois pedaços de código: um para ser colocado dentro da seção <head> e </head> do seu site, e outro para ser colocado na página onde os anúncios deverão aparecer dentro da seção <body> e </body>:

Código para o Header:

<head>

<script type=”text/javascript” src=”http://partner.googleadservices.com/gampad/google_service.js”>
</script>
<script type=”text/javascript”>
GS_googleAddAdSenseService(“ca-pub-2098359580187269″);
GS_googleEnableAllServices();
</script>
<script type=”text/javascript”>
GA_googleAddSlot(“ca-pub-2098359580187269″, MinhaGestao_Interno_468x60″);
</script>
<script type=”text/javascript”>
GA_googleFetchAds();
</script>

</head>

Código para o anúncio:

<body>

<script type=”text/javascript”>
GA_googleFillSlot(“MinhaGestao_Interno_468x60”);
</script>

</body>

DICA: sugiro que você guarde os códigos gerados em um editor de textos, e só implemente após a definição de todos os anúncios. Assim, até que o Google processe sua solicitação, terá tempo suficiente antes de aparecer um espaço em branco.

Agora só falta definir as campanhas que serão veiculadas.

2) Criar uma campanha e definir os banners

Menu_Pedido

Para veicular os banners é necessário criar um Pedido. Eu optei por ter um pedido para cada programa de afiliado. No nosso estudo de caso, vamos criar o pedido de campanha Afílio. Clique em “Novo pedido“:

Tela_Novo_Pedido

  • Defina o nome do seu pedido;
  • Defina um Id externo – não é necessário;
  • Definia a Data de início da campanha – já vem preenchido com a atual;
  • Definia a Data de término da campanha – escolha Ilimitado;
  • Escolha o parte responsável pelo pagamento – em nosso caso, Anunciante;

Tela_Novo_Pedido_Anunciante

  • Defina o Anunciante ou clique em “Novo anunciante…“;
  • Clique em “Salvar” e siga em frente;

As demais informações solicitadas são opcionais, e só devem ser inseridas caso perceba alguma utilidade.

Tela_Pedidos

Agora que você já tem o seu pedido cadastrado, será necessário incluir os banners da campanha. Para isso, clique sobre o nome da campanha – no nosso caso “Afilio” – e será direcionado para a página a seguir.

Tela_Pedidos_Linhas

Esta parte eu considero a mais importante de todo o processo. É aqui que são configurados os banners que irão ser veiculados. O que o Google Ad Manager chama de “Ítem de linha“, eu considero ser efetivamente a campanha.

Então, para o nosso exemplo, vamos configurar duas campanhas distintas que serão veiculadas no mesmo espaço e com pesos iguais. As campanhas são:

  • Campanha Hot Pocket
    Data de início: imediato
    Data fim: 28/12/2008
    Criativo: 2 banners, 1 rich media e 1 Imagem/URL
  • Campanha Sky Space
    Data de início: imediato
    Data fim: 30/12/2008
    Criativo: 1 banner, rich media

Para dar início à configuração clique em “Novo ítem de linha

Tela_Nova_Linha

  • Defina o nome da sua linha – optei for referenciar a campanha;
  • Escolha uma prioridade de entrega – mantive a padrão para não complicar;
  • Defina a Data de início da linha – já vem preenchido com a atual;
  • Defina a Data de término da linha – em nosso caso, 28/12/08;

Tela_Nova_Linha_2

  • Escolha o tipo de custo – a campanha atual é CPC;
  • Defina um custo por CPC – apenas repeti a informação da campanha Afílio;
  • Defina a quantidade de impressões – optei por um número baixo;
  • Defina um desconto – optei por 100% já que não vou cobrar de ninguém;
  • Mantenha as configurações opcionais intactas;
  • Clique em “Salvar” e siga em frente;

Repita o mesmo passo para nossa segunda campanha do exemplo: “Sky Space”. Ao final, duas linhas terão sido inseridas:

Tela_Linhas

Agora que as linhas (campanhas) estão cadastradas com suas respectivas características, é hora de incluir os banners (criativos) que serão veiculados. Vamos continuar com o exemplo da campanha Hot Pocket.

Clique sobre o ítem de linha “Afilio Hot Pocket“. Selecione a opção “Fazer upload de anúncio“. Lembre-se que para esta campanha serão dois banners (criativos) diferentes: o primeiro com imagem/URL e o segundo, rich media.

Tela_Banner_1

  • Defina o nome do anúncio;
  • Escolha o tamanho do espaço do anúncio – em nosso caso, 460×60;
  • Escolha o Tipo de anúncio – para o caso de imagem/url, escolha “Redirecionamento de imagem padrão”;
  • Insira a URL da imagem – o endereço da imagem;
  • Insira a URL de cliques – para onde será direcionado ao clicar na imagem;
  • Clique em “Salvar” e siga em frente;

Clique agora em “Fazer upload de mais anúncios” para inserir o segundo banner da campanha.

Tela_Banner_2

  • Defina o nome do anúncio;
  • Escolha o tamanho do espaço do anúncio – em nosso caso, 460×60;
  • Escolha o Tipo de anúncio – em nosso caso, “Rich media”
  • Insira o Snippet de código – em nosso caso, um script php;
  • Clique em “Salvar” e siga em frente;

Você poderá acompanhar à esquerda da tela os anúncios que foram inseridos:

Tela_Banner_Full

Clicando sobre o nome de cada banner, é possível testar na tela a direita seu comportamento:

Tela_Banner_Visualizar

É necessário repetir este processo para quantas campanhas de anúncios quiser criar para o seu site.

A partir de agora, com as campanhas configuradas, é necessário inserir o código na suas páginas – caso ainda não tenha feito – e publicar!

3) Opções e dicas de como usar o Google Ad Manager

O intuito deste tutorial foi demonstrar uma utilização rápida e prática do Google Ad Manager. É claro que existem MUITO mais funcionalidades que não mostrei aqui, e nem vou mostrar:

  • Definição do peso de cada campanha, assim elas aparecem com maior regularidade;
  • Cadastro de usuários e anunciantes;
  • Gestão de contas;
  • Relatórios customizados;
  • Segmentação de anúncios por áreas geográficas, perfis de usuário, navegadores, etc;

Mas se você tem um blog, pense nas possibilidades:

  • Centralização de todo o seu programa de afiliados, sem ter que escrever linhas de código e atualização de seus sites;
  • Separação físicas das áreas de publicidade;
  • Venda direta de anúncios, definindo o tipo, prioridade, preço…

Eu poderia, por exemplo, ter um banner do Submarino sobre produtos Apple do mesmo tamanho numa campanha do Afílio e só mostrar este banner para quem acessar o site com banda larga e navegador Safari. Ou vender o anúncio de uma churrascaria no Rio para quem acessar de lá.

Faça modificações, teste as funcionalidades. Depois me diga o que achou.


Axé católico. Juventude no beleléu.

Por Raphael Roale em 02/12/2008

Eu pensei que já havia visto de tudo nessa vida que levo sem Jesus no coração. Mas não há limites para a pregação divina, seja de católicos, evangélicos, carismáticos, ou o diabo a quatro.

Dá para levar a sério aberrações como o que aparece no vídeo aí debaixo?


Vídeo: Jake canta “Pó pará com pó”.

Não dá. Não casa. Me irrita. Não é só pela música, nem tampouco pela temática religiosa. É o conjunto da coisa. É MUITO esquisito.

Dizem até que é um recado para o Fábio Assunção. Quem sabe?


Meu amigo secreto é…

Por Raphael Roale em 25/11/2008

Junte um estudante de Biomedicina, um ator, um peregrino (seja lá o que signifique isso!), um militar e um cara que gosta de tecnologia. Depois, mande essa galera lá pros cafundós do Brasil, em Roraima. Em seguida, obrigue-os a escrever, escrever, escrever… o que sai disso tudo?

_Cerebelo_na_Brita

O Blog Cerebelo na Brita é uma salada psicodélica de textos sem nexo, cores berrantes e layout nauseante. Mas nem por isso é ruim. O Felipe, o tal estudante de biomedicina e editor mais ativo, escreve bem, tem senso de humor e idéias interesantes para seus artigos. Mas é engolido pela zona do layout que escolheram – talvez propositalmente – para o blog.

Mas nem tudo está perdido!

_Cerebelo_na_Brita_foto

Apesar de não seguirem qualquer linha editorial, existem boas montagens com fotos como se vê acima. Prova de que a coisa toda é feita com tempo e dedicação.

Ah! Até aprendi que o dia 20 de Novembro é reservado para os Biomédicos!

Então, fica aí umas dicas para o blog Cerebelo na Brita:

  • Mudar o layout, e rápido!
  • Criar uma página de “contatos”.
  • Criar uma página “Sobre”
  • Mudar o layout, urgente!
  • E, de novo, mudar o layout.

DISCLAIMER: Este artigo é o presente para o meu Amigo Secreto, iniciativa bacana do Douglas do Blog This. Conheça todos os participantes.


Hoje é dia de faxina

Por Raphael Roale em 24/11/2008

Então é isso: dia de arrumar a casa. Ou melhor, dia dar uma olhada em tudo quanto é lixo que deixo espalhado aí pelo Carioca e colocar o que não presta para debaixo do tapete.

Para quem lê blogs periodicamente e não tem muita familiaridade (ou saco!) com tecnologia, não tem idéia do trabalho e das horas gastas para manter acessível e em perfeito funcionamento todos os excelentes (cof! cof!) textos que tenho a honra de vos brindar diariamente. Daí que nesse corre-corre para deixar tudo bonitinho, tudo ajeitadinho, por vezes experimento um monte de plugins, códigos e widgets que não me agradam muito. E no final, fica tudo jogado por aqui. É como experimentar um monte de roupas numa loja, não gostar de nenhuma, e no final largar tudo no provador.

Spams no Carioca

Bem, comecemos pelos Spams que recebo nos comentários. Tenho o hábito de deletar de vez em quando, mas hoje percebi alguns largados pelo caminho:

Desafio 21 Dias - Spam Antes

Depois de devidamente apagados, nada mais resta do que sorrir:

Desafio 21 Dias - Spam Depois

No meio do caminho tinha um Plugin…

Plugins que não uso ocupam espaço no servidor, e não servem para nada. Instalei há uns meses (!) o RSS Footer, para inserir gracinhas no final de cada feed. Fiquei sem saco de usar, e largei por lá. O WP-ContactForm, para formulários de contato, substituí pelo Dagon Design Form Mailer – muito melhor e mais prático. Taí a sujeira:

Desafio 21 Dias - Plugins Antes

E depois da limpeza, deixei apenas o Hello Dolly – que não uso, mas como é pequeno, deixei por lá:

Desafio 21 Dias - Plugins Depois

Acertei no Sitemap

Sitemaps ajudam o Google indexar do cabelo ao dedo do pé de seu Blog, e dizem qual é a estrutura de artigos e páginas. Geralmente, tem sempre um probleminha. A última coisa que fiz foi adequar as prioridades e periodicidades de atualização de cada tipo de conteúdo que tenho aqui no Carioca. E não é que a coisa deu certo? Sem erros:

Desafio 21 Dias - Sem erros no Sitemap

Te vejo na próxima tarefa!

DISCLAIMER: Este artigo foi escrito para cumprir a tarefa Dia 1 – Faça uma Faxina do Desafio 21 Dias – Edição 2008 do Blosque. Prometo que tentarei chegar ao final.


A culpa é sempre dos pais

Por Raphael Roale em 12/11/2008

Culpa sua. Minha culpa. Não interessa: em se tratando de educação infantil, a responsabilidade é dos pais. Eu nunca escondi minha opinião quanto ao assunto, e não canso de receber porrada de vocês.

Para começo de conversa, assistam o vídeo abaixo:

Agora me digam: de quem é a culpa da menininha ter levado um chute na cara? Do moleque rodopiando ou dos pais que largaram a coitada perambulando por aí?

Brincadeiras à parte, toda vez que escrevo sobre o assunto – geralmente com crianças e adolescentes colocadas em situações pouco inteligentes -, recebo uma enxurrada de comentários irados e mal-educados.

No caso do sequestro da Eloa, eu disse que a culpa era dos pais que deixaram uma menina de 12 namorar um cara de 18, além de não ter qualquer controle e monitoramento sobre o que a menina fazia no Orkut. Resultado:

ahh cala boca palhaço! nao sabe oq ta falando! troxa.. no orkut todo mundo é maxo.. nao existe forma de avaliar a comportamento da pessoa na real via orkut

Em outro artigo, um bando de jovens reunidos no meio da tarde em frente ao congresso nacional protestavam a favor da legalização da maconha. Claro, a culpa é dos pais por dois motivos: primeiro, por não ter dado a orientação correta à molecada; segundo, por permitir a sua participação neste tipo de evento. O que recebo:

Olha amigo!!!Falta de porrada nos pais?Foi isso q voce escreveu?Então voce não tem pais,ou os seus lhe ensinaram a ser assim tão mau educado?Pq qualquer idiota sabe q os pais muitas vezes não sabem o q os filhos fazem.E os jovens tem o direito de fazer suas manifestações,assim como os mais velhos.O unico imbecil desocupado aqui pra mim é voce!!

E mais:

Olha amigo!!!Falta de porrada nos pais?Foi isso q voce escreveu?Então voce não tem pais,ou os seus lhe ensinaram a ser assim tão mau educado?Pq qualquer idiota sabe q os pais muitas vezes não sabem o q os filhos fazem.E os jovens tem o direito de fazer suas manifestações,assim como os mais velhos.O unico imbecil desocupado aqui pra mim é voce!!

E ainda tem o caso da banda NX Zero que resolveu xingar os adolescentes no palco – os mesmos que compraram os ingressos com o dinheiro dos pais. Neste caso, fui solidário aos pais que educam em casa mas vai tudo pelo ralo na rua. Mais porrada:

Seus bando de idiotas!!Vcs n se enchergam??O nx é uma spr banda e merece respeito, se eles n fossem tao bons, n iriam ganhar um monte de premio revelação!!E nem td adolescente é emo ou revoltado!Vc nunca teve infancia n?As vzs a epoca muda e os velhos tem q se modernizar!Vcs tem prazer de chingar o pessoal!Deixa de ser infantil, ate msm as criancinhas de 4 aninhos estao mais maduras q vc!Se encherga, e vai fzr outra coisa melhor do que esculaxar os outros!Isso vai te fzr bem, deixa de ser invejoso,oks?

Eu sou pai de duas meninas, uma adolescente. Falo com autoridade e propriedade, e não fugi também das responsabilidades. Mas quem está na chuva é para se molhar. Não é mesmo?


buy ciprofloxacin